was successfully added to your cart.

COMO A DANÇA COLABORA NA EDUCAÇÃO

By April 5, 2018Journal
COMO A DANÇA COLABORA NA EDUCAÇÃO

COMO A DANÇA COLABORA NA EDUCAÇÃO

Diferente do que muitos pensam, os benefícios da dança- e das atividades físicas em geral- vão muito além de saúde e bem estar. Ele pode contribuir no desenvolvimento das potencialidades humanas e sua relação com o mundo. Se falarmos especificamente sobre o período escolar, onde as crianças estão em maior fase de aprendizado e desenvolvimento social, a dança deveria ser valorizada. Mas, por que ainda muitas instituições de ensino acreditam que a dança – e a atividade física- são matérias secundárias em relação às outras como matemática, ciências e linguagem?

O líder global em reforma educacional Ken Robinson e a autora Lou Aronica falam sobre esse tema em seu livro You, Your Child and School: Navigate your way to the Best Education (“Você, seu filho e escola: navegue para a melhor educação”, em tradução livre).

Em uma passagem do livro, Ken Robinson lembra que, em 2016, realizou uma palestra, na London School of Contemporary Dance, sobre o papel da dança das escolas e como ela pode contribuir para a educação geral de cada criança. Além de destacar estudos que já apontam a importância da dança na vida e educação.

No livro Dance Education Around the World: Perspectives on Dance, Young, People and Change (“Educação da Dança ao Redor do Mundo: Perspectivas de Dança, Jovens, Pessoas e Mudança”, em tradução livre), as pesquisadoras Charlotte Svendler Nielsen e Stepanhie Burridge mostram estudos recentes que comprovam o valor da dança em diferentes tipos de ambientes: da Finlândia à África do Sul, de Gana a Taiwan, Nova Zelândia para a América. Nesses estudos, fica evidente como a compreensão mais profunda da dança pode transformar a vida de pessoas de todas as idades e origens. Ajudando a recriar um ambiente mais alegre e trazendo estabilidade às vidas problemáticas. Além de aliviar as tensões como bullying e violência nas escolas.

Programas como o Dancing Classrooms, uma organização sem fins lucrativos de Nova York, que leva a dança de salão para escolas com alunos que tenham problemas disciplinares são um exemplo de sucesso de como a dança pode ser transformadora. É possível ver mudança dos estudantes, que muitas vezes começam o programa sem querer participar, e ao longo das vinte sessões de aulas que o programa oferece já mudam seus comportamentos para melhor.

Em uma avaliação feita pela própria organização na cidade de Nova York, 95% dos professores disseram que, como resultado da dança, houve uma melhoria demonstrável na capacidade dos alunos de cooperar e colaborar. Em uma pesquisa em Los Angeles, 66% dos diretores disseram que, depois de participarem do programa, seus alunos mostraram uma maior aceitação dos outros, e 81% dos alunos disseram tratar os outros com mais respeito.

Claro que tudo não é só a dança. É fruto de um trabalho em conjunto entre atividades físicas e ações educacionais. Importante deixar claro que não ensinamos dança visando apenas formar dançarinos profissionais, mas sim para colaborarmos com a formação completa física e emocional das pessoas.

Leave a Reply