O INCRÍVEL KIEV BALLET

By February 22, 2018Journal
O incrível Kiev Ballet

O INCRÍVEL KIEV BALLET

Na última semana, o incrível Kiev Ballet (também conhecido como Ballet da Ópera Nacional da Ucrânia) voltou ao Brasil em uma pequena turnê com apresentações de “Grande Gala”. Esse formato conta com menos bailarinos solistas para que o público possa ver melhor a qualidade técnica dos profissionais.

Considerada uma das cinco melhores companhias de ballet no mundo, o Kiev Ballet começou sua história em 1867, quando o governo (até então russo), após numerosas petições, decidiu criar uma companhia de ópera em Kiev, uma das cidades mais antigas da Europa e que futuramente viria a se tornar a capital e maior cidade da Ucrânia. O teatro musical foi o primeiro a ser inaugurado fora das capitais do império russo, Moscou e São Petersburgo.

A estreia da companhia aconteceu em novembro de 1867 com a encenação de Askold’s Grave, do Alexey Verstovsky, que acabou sendo um grande sucesso. Nos primeiros anos de existência, a companhia ampliou seu repertório com obras escritas principalmente por compositores russos, como Uma vida por Tsar e Ruslán e Ludmila. Porém, o grupo nunca deixou de lado os clássicos europeus e encenou também O Barbeiro de Sevilha de Rossini, The Marriage of Figaro de Mozart e diversas óperas de Verdi, que se tornou o compositor favorito da audiência do Kiev Ballet.

Com o tempo a companhia foi ganhando cada vez mais popularidade entre os amantes de ópera e chamou a atenção dos compositores, o que pode ser confirmado pelo grande interesse de P. Tchaikovsky em suas peças. De lá pra cá, o Kiev Ballet alcançou fama internacional e foi responsável por revelar ao mundo grandes estrelas como Vaslav Nijinsky e Serge Lifar, os dois bailarinos mais proeminentes do século 20.

Após o final da guerra, a companhia conseguiu superar rapidamente as dificuldades e renovou seu desempenho regular e ampliou o repertório. As óperas revisadas ucranianas e mundiais foram estreadas. Com isso, o Kiev Ballet evoluiu para um nível totalmente novo, sendo liderado por coreógrafos de renome – Sergiy Sergeev, Vakhtang Vromsky. O repertório foi expandido com várias peças novas – Lileya de K. Dankevych, Romeu e Julieta de S. Prokofiev e Spartacus de A. Khachaturyan.

Em 1964, o Kiev Ballet participou do Festival Internacional de Dança Clássica, que se realizou em Paris. A companhia foi homenageada com o mais alto prêmio da Paris Dance Academy – The Golden Star. A primeira turnê da companhia que aconteceu em Paris- que incluía estrelas como Mykola Aptukhin, Valentyna Kalynovska, Veanira Kruglova, Olena Potapova, Alla Havrylenko e Eleonora Stebliak- tornou-se um evento de arte que ressoou com toda a Europa. Desde os anos 50, a Ópera de Kiev tem um status de estrela.

Atualmente, a companhia conta em seu corpo de ballet com alguns dos maiores e mais premiados bailarinos do mundo, como a primeira bailarina da companhia, Tatiana Golyakova. Entre outros importantes nomes dessa arte como os solistas Stanislav Olshansky, Anastasia Shevchenko, Konstantin Pozharnytskyy, Maxim Kamishev e Tatiana Lozova.

Leave a Reply