was successfully added to your cart.

A SUBLIME PARCERIA DE MARGOT FONTEYN E RUDOLF NUREYEV

By November 21, 2017Journal
Margot e Rudolf

A SUBLIME PARCERIA DE MARGOT FONTEYN E RUDOLF NUREYEV

Uma boa performance no ballet leva em consideração uma série de elementos. A sintonia entre os parceiro é, sem dúvida, uma das mais importantes, capaz de determinar o sucesso ou o fracasso de uma apresentação. Em alguns casos, a química entre os bailarinos é tão intensa e única que atinge o sublime. É o caso da dupla formada por Margot Fonteyn e Rudolf Nureyev.

Rudolf Nureyev era um bailarino russo que iniciou sua carreira no Ballet Mariinsky, em São Petesburgo, e foi o primeiro artista, durante a Guerra Fria, a dissidir da União Soviética. Considerada a maior Prima Ballerina Assoluta da história, Margot foi uma bailarina inglesa que ingressou no mundo da dança aos quatro anos e fez uma carreira brilhante no Royal Ballet de Londres.

Os dois se conheceram em um evento de gala promovido por Margot. Na ocasião, Nureyev foi convidado a se apresentar e sugeriu dançar Spectre de La Rose com a anfitriã. Ela, no entanto, declinou do convite, por já estar comprometida a dançar no evento com o bailarino John Gilpin e por acreditar que ele era novo demais para dançar com ela (na época, Margot tinha 42 anos e Nureyev, 23 anos).

Mas a excelente performance do russo no evento fez a consagrada bailarina inglesa mudar de ideia e convidá-lo a dançar com ela a temporada seguinte de Giselle, no Royal Ballet. A decisão surpreendeu a muitos não apenas pela diferença de idade entre os dois, mas também porque, naquela altura, todos já esperavam pela aposentadoria de Margot.

A parceria inusitada logo mostrou-se uma decisão mais que acertada tão forte era a química entre os dois no palco. O russo trouxe uma nova energia para a inglesa que, por sua vez, ajudou o bailarino a amadurecer como profissional. Quando perguntado certa vez sobre o sucesso extraordinário dos dois, Rudolf disse: “Não é ela, não sou eu, é o objetivo em comum”. Ao fim de uma apresentação conjunta em O Lago dos Cisnes, ele declarou: “quando ela saiu do palco no seu grande tutu branco, eu a teria seguido até o fim do mundo”. Lindo, né?

O sucesso da dupla foi tamanho que eles, que dividiam o mesmo empresário, cobravam muito mais como dupla do que a soma, já alta, de seus cachês individuais. A parceria sublime durou 18 anos, proporcionou uma experiência valiosa para ambos e nos presenteou com performances arrebatadoras que permanecerão para sempre na história do ballet.

Foto: Zoe Dominic/New York Public Library

Leave a Reply