was successfully added to your cart.

CÃO SEM PLUMAS

By July 19, 2017Journal
CÃO SEM PLUMAS

CÃO SEM PLUMAS

A Debora Colker é uma mulher maravilhosa, muito criativa e que está à frente de seu tempo.
Eu estou super ansiosa para ouvir sobre a repercursão do espetáculo que a Cia. Deborah Colker vai apresentar hoje na Abertura do 35° Festival de Dança de Joinville, que é uma mistura de dança e cinema.
O que eu estou sabendo, é que esse espetáculo é diferente de tudo que ela já fez, e muito diferente dos últimos trabalhos que ela apresentou em 2011 e 2014.

A coreógrafa carioca e seu premiado grupo voltam à Joinville após seis anos, para mostrar ao público o recém-lançado “Cão sem Plumas”, que teve algumas poucas apresentações em junho e é baseado no poema “O Cão sem Plumas”, do João Cabral de Melo Neto (1920-1999).
Na obra, cenas de um filme realizado pela coreógrafa em parceria com o cineasta pernambucano Cláudio Assis são projetadas no fundo do palco e dialogam com os movimentos dos 13 bailarinos que integram o elenco. Publicado em 1950, o poema acompanha o percurso do rio Capibaribe – que corta grande parte do Estado de Pernambuco – e exibe a pobreza da população ribeirinha. Dentre os assuntos abordados estão o descaso da elite, a vida difícil no mangue e a destruição da natureza e das pessoas que vivem pela região. Segundo a Deborah Colker , a performance fala sobre “coisas inconcebíveis e que não deveriam ser permitidas”.
Acho que vai ser um espetáculo bem intenso, até porque a temática é forte e contundente.
Só vou conseguir assistir em agosto, em São Paulo.
Está difícil segurar a expectativa!

Leave a Reply